Como vender crochê pela internet: 5 Dicas Muito Importantes

Apesar de algumas pessoas afirmarem que o crochê está acabando, a verdade é que o mercado de artesanato está mais vibrante e rentável do que nunca. Em 2023, o crochê ocupou a segunda posição em tendências de artesanato e tem sido cada vez mais valorizado no cenário internacional, com crescimento significativo na exportação.

Se você quer aproveitar essa oportunidade, seguem os 5 passos mais eficazes de como vender crochê pela internet, além de uma dica infalível:

1. Veja qual peça de crochê que mais vende

Se você é habilidoso na arte de crochetar tapetes, sousplats, bolsas fashion, entre outros itens, é importante seguir as melhores estratégias para vender seus trabalhos. É preciso diversificar seus produtos para atender a uma ampla gama de clientes e, assim, aumentar suas vendas.

Aqui estão as peças de crochê mais procuradas em 2023:

  • Tapetes de crochê – lideram o ranking de vendas.
  • Sousplats decorativos – variar nas cores, formatos e tamanhos.
  • Amigurumis – bonecos pequenos de animais e personagens feitos em crochê.
  • Biquínis de crochê – são fáceis de fazer e têm procura.
  • Bolsas personalizadas em crochê.
  • Croppeds – são procurados e fáceis de fazer.
  • Saídas de praia – nunca saem de moda.
  • Vestidinhos em crochê – muito populares entre celebridades.
  • Sapatinhos para bebês.
  • Conjunto de blogueirinha – é uma tendência.

No universo digital, você pode alcançar diferentes públicos todos os dias e não precisa se preocupar com a concorrência ou saturação de mercado. É importante analisar quais itens oferecem margem de lucro elevada e investir neles para maximizar seus lucros.

2. Estude os melhores canais de divulgação para seu crochê

A escolha dos canais certos para vender crochê pela internet é fundamental. Aqui estão algumas opções:

Redes sociais: Facebook e Instagram.

Aplicativos e sites de comércio eletrônico: como o Enjoei e o Elo7.

Marketplaces: plataformas como o Mercado Livre, o OLX e o Marketplace do Facebook.

Loja virtual: crie seu próprio site de e-commerce para vender sem intermediários e aumentar seus lucros.

Cada canal deve ser gerenciado de maneira independente, por isso é importante criar estratégias focadas no público de cada um. Por exemplo, ao vender pelo Instagram, as imagens atraentes, as hashtags e as postagens frequentes são essenciais. No Facebook, o objetivo é gerar engajamento com vídeos criativos e postagens diárias.

Já o marketplace pode ser usado como uma vitrine virtual, mas sua estratégia pode ser limitada devido às políticas de divulgação das plataformas.

DICA EXTRA: Para criar facilmente sua própria plataforma, conheça a Nuvem Shop. É um serviço que permite criar um pequeno e-commerce, ideal para quem está começando.

vender crochê pela internet

3. A necessidade do Marketing digital para artesanato

Agora que as peças de crochê foram selecionadas e os canais de divulgação foram estabelecidos, é hora de falar sobre as estratégias digitais. Infelizmente, apenas publicar no Instagram e Facebook não é suficiente. É preciso ir além.

Planejar e executar boas estratégias de marketing é essencial para aproveitar ao máximo as oportunidades oferecidas pelas redes sociais. É importante manter uma comunicação uniforme em todos os canais.

Leia também:  Quais peças de crochê são mais vendidas? Descubra as tendências de vendas em crochê

Venda seu crochê através de um marketplace e direcione os clientes para a plataforma de vendas a partir das publicações no Facebook. Além disso, é possível criar uma loja virtual diretamente pelo Facebook. Aqui estão algumas outras dicas:

Investir em marketing de conteúdo para fornecer informações relevantes aos seguidores.

Como o mercado de crochê é concorrido, é importante ter estratégias para que o site e o conteúdo sejam encontrados no Google.

Garantir um controle rigoroso dos perfis nas redes sociais.

Criar campanhas patrocinadas no Instagram e Facebook para alcançar e engajar mais pessoas.

4. Entenda como fazer foto de crochê

“Sem as fotos atraentes, como seria possível vender crochê na internet com sucesso?” É uma pergunta importante, pois as imagens são essenciais para instigar a compra de tapetes e toalhas de crochê. Felizmente, você não precisa investir em uma câmera fotográfica cara para ter boas fotos. A maioria dos smartphones possuem câmeras de boa qualidade e recursos que facilitam o processo de fotografia. Algumas dicas para obter fotos incríveis incluem:

  • Certifique-se de que a iluminação está boa: crie um fundo branco próximo à luz natural, como uma janela, para destacar os detalhes das peças.
  • Escolha a posição certa para as peças: experimente posicioná-las dobradas, abertas ou enroladas para encontrar o equilíbrio certo que mostre os detalhes e texturas.
  • Edite as imagens se necessário: use aplicativos de edição simples e gratuitos, além das opções de ajuste no seu smartphone.

DICA BÔNUS: Tenha cuidado com o foco e zoom ao fotografar com o smartphone. Pense em investir em um tripé barato para estabilizar as fotos e evite usar o zoom, para não desfocar a imagem.

5. Crie descrições das peças de crochê

Quando se trata de vender crochê na internet, toda descrição é importante. Embora o crochê seja uma peça fácil de entender, um texto personalizado adiciona um toque especial e atrai o cliente.

Forneça informações como dimensões, largura e sugestões de combinações de decoração para tapetes. Ofereça a possibilidade de compra em conjunto com outra peça para aumentar o valor visual e de uso.

No caso de vendas em marketplaces, é crucial ter descrições detalhadas, pois isso pode fazer toda a diferença para destacar seu produto da concorrência.

DICA BÔNUS: construa sua própria plataforma de vendas para aumentar ainda mais seus lucros.

Conclusão

Vender crochê pela internet é uma ótima opção para alcançar uma base de clientes mais ampla. No entanto, para aproveitar ao máximo essa oportunidade, recomendo criar uma plataforma própria, um e-commerce. Dessa forma, você tem mais liberdade para vender sem intermediários e alcançar um número maior de clientes.

Lembre-se de integrar sua plataforma e redes sociais ao Google para expandir seu alcance e tornar suas vendas ainda mais eficientes e produtivas. Não tenha medo de dar o primeiro passo, pois acredito que você conseguirá vender crochê com sucesso!

E se você gostou dessas dicas, não hesite em compartilhar com outros artesãos para ajudá-los a vender seus trabalhos também. Até a próxima!

Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments